Bate-papo com a nutri #1

Atualizado em

Você tem alguma dúvida sobre alimentação que sempre quis tirar, mas ainda não conseguiu? Esse post é para você! No dia 31 de agosto é celebrado o Dia do Nutricionista e, aproveitando a ocasião, trouxemos os questionamentos mais recorrentes do consultório da nossa nutricionista, Daniela Vieira e, possivelmente, o seu também pode estar entre eles. Confira esse bate-papo!

Nutri, dá pra emagrecer mesmo indo ao rodízio?

 

“Sim.

É completamente possível emagrecer comendo pizza. Porém, essas idas à pizzaria devem ser esporádicas. Falo sempre aos pacientes: o grande segredo é a quantidade e a frequência. Se você for à pizzaria uma vez por semana, comer 2 fatias de pizza e no restante da semana tiver uma alimentação correta, você vai emagrecer. O grande problema é comer 80% errado e achar que os 20% certos trarão resultados. Mude os índices: coma 80% certo!”

 

(Reprodução/GIPHY)

 

 

Meus amigos comem muito e não engordam!

 

“Acontece…

Existem pessoas que comem muito e errado e não engordam porque tem metabolismo acelerado, ou seja, o corpo gasta muitas calorias somente para manter as funções vitais. Outra possibilidade é que, talvez, eles não se alimentem tão errado como você pensa. Será que eles comem dessa forma o dia inteiro, todos os dias? Ou talvez eles comam muito, mas praticam alguma atividade física que seja intensa e gaste muita energia? Ou gastam muita energia no trabalho? Enfim… O mais importante é você se concentrar no que funciona para você. Seja sua própria referência!”

 

(Reprodução/GIPHY)

 

 

Comer pouco faz mal?

 

“Com certeza.

Comer menos do que o nosso corpo precisa pode ter consequências bem graves que vão desde carências nutricionais, imunidade baixa, maior risco de contrair doenças até o efeito sanfona após uma dieta de emagrecimento com restrição severa de calorias. O ideal é se alimentar certo, de acordo com as suas necessidades e, para isso, busque a orientação de um nutricionista.”

 

(Reprodução/GIPHY)

 

 

É preciso cortar carboidratos para emagrecer?

 

“Não, de maneira alguma.

Nosso corpo precisa de carboidratos, 40 a 60% do que comemos deve vir do consumo deste nutriente. Os carboidratos são os principais responsáveis por fornecer energia para o nosso corpo desenvolver todas as atividades diárias. Escolha carboidratos naturais e com baixo índice glicêmico.”

 

(Reprodução/GIPHY)

 

 

Os alimentos têm quantas calorias?

 

“Depende.

Cada alimento tem sua caloria definida, o que define as calorias dos alimentos é a quantidade de cada macronutriente que o alimento possui. Cada grama de carboidrato fornece 4 calorias e cada grama de proteína também fornece 4 calorias, já as gorduras fornecem 9 calorias em cada grama.”

 

(Reprodução/GIPHY)

 

 

Qual o melhor tipo de dieta?

 

“Não existe!

Não há um melhor tipo de dieta. Sempre falo que a melhor dieta é aquela que se adapta à sua vida e às suas preferências alimentares. Mas se eu tivesse que definir o melhor tipo de dieta, diria que é aquela que contém todos os grupos alimentares em equilíbrio como carboidratos, proteínas, lipídios, fibras, vitaminas e minerais. Todos os nutrientes em harmonia formam o melhor tipo de dieta.”

 

(Reprodução/GIPHY)

 

 

Quais alimentos engordam? Quais emagrecem?

 

“Nenhum!

Nenhum alimento sozinho é capaz de engordar ou emagrecer uma pessoa. O somatório dos alimentos que comemos ao longo dos dias que podem nos levar a ganhar peso ou a emagrecer.”

 

(Reprodução/GIPHY)

 

 

É preciso tomar suplementos para treinar?

 

“Não.

A alimentação pode fornecer todos os nutrientes necessários para o organismo ter resultados com os treinos, porém em alguns casos podemos optar pelos suplementos para facilitar o consumo de algum nutriente num horário específico, como o caso do Whey Protein (usado como fonte de proteína). Ou, então, quando buscamos algum efeito específico, como é o caso da creatina (para aumento de força muscular) e da cafeína (função termogênica).”

 

(Reprodução/GIPHY)

 

 

A gordura vira músculo?

 

“Não.

Gordura e músculo são coisas diferentes, é o mesmo que falar que água pode virar óleo e vice-versa. É impossível um virar o outro, isso não existe. O que fazemos no tratamento nutricional juntamente com treinamento físico é melhorar a composição corporal, focando na perda de gordura e aumento de massa muscular, reduzindo um e aumentando o outro.”

 

(Reprodução/GIPHY)

 

 

Você tem mais alguma dúvida que gostaria de tirar com a nossa nutri? Pergunte abaixo nos comentários. 🙂

 

 

Texto:
Redação Hidrolight

 

Colaboração:
Daniela de Souza Vieira | Nutricionista e Coach
Esp. Nutrição Clínica, Esportiva e Fitoterapia