Óleo de Coco x Saúde

Atualizado em

Óleo de coco é veneno?! Nos últimos dias, viralizou na internet uma palestra realizada por uma especialista, dizendo ser contra o uso desse óleo por causa dos malefícios que proporciona ao organismo.

 

Quem é a especialista?

 

As declarações de Karin Michels são relevantes por conta do alto consumo desse óleo, mas ficam ainda mais pertinentes pelo fato dela ser professora de Epidemiologia de Saúde Pública da tão conceituada Universidade de Harvard – nos Estados Unidos – e também diretora do Instituto de Prevenção e Epidemiologia de Tumores da Universidade de Friburgo – na Alemanha.

 

Além de afirmar que o óleo de coco é puro veneno, disse:

 

 

 

 

Será mesmo?

 

Essa afirmação leva em conta que a defesa da informação de que as gorduras boas para nosso coração são as insaturadas, geralmente presentes nas nozes, sementes, óleos vegetais, abacate, entre outros alimentos.

 

Em 2015, além de Karin, a Sociedade Brasileira de Endrocrinologia e Metabologia (SBEM) e a Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e Síndrome Metabólica (ABESO) já haviam se posicionado frontalmente contra a utilização terapêutica do óleo de coco com a finalidade de emagrecimento, considerando não haver evidências científicas de sua eficácia e apresentar potenciais riscos para a saúde. Entretanto, também há cientistas que defendam o consumo de gorduras saturadas alegando que oferecem benefícios ao nosso organismo.

 

Ainda, há os blogs e perfis de redes sociais que publicam conteúdos, tanto com argumentos contrários e favoráveis, mas que devem ter cautela redobrada ao serem lidos. Até porque, o tema é tão complexo que envolve mais do que informações, mas conflitos de interesse entre os próprios cientistas. Por isso, ainda não há um veredito final sobre o assunto.

 

(Reprodução/GIPHY)

 

 

Portanto…

 

Devemos levar em conta a necessidade de pesquisar afundo as informações e compreender seu contexto, assim como verificar as fontes que cercam esse tema que está em alta e ainda deve repercutir por um bom tempo.